Pense por meio da lente do consumidor, o que ele sente quando vê a sua loja? Quando abre o seu site? Quando é atendido pelos seus funcionários? O seu posicionamento de marca é essencial para criar, além de um produto, uma memória do que você vende. É preciso ter características marcantes para se destacar da concorrência e ser lembrado, mesmo que no subconsciente. Essa percepção anda lado a lado com o branding (e rebranding), é através dela que as pessoas enxergam a sua marca e decidem se vale a pena investir nela ou não. Não adianta querer fazer um rebranding sem entender como está o seu posicionamento no mercado e se ele está trazendo frutos bons ou ruins para a imagem da sua empresa. 

Basicamente, toda e qualquer interação feita através da sua marca contribui para a criação de uma visão positiva ou negativa, por isso é tão importante estar com todas as frentes do seu negócio sempre alinhadas para que o seu relacionamento com o público seja furtivo. São diversos os aspectos que, juntos, criam a percepção de consumo da sua marca, como: nome, cor, logotipo, slogans, ícones de apps, jingles, materiais gráficos, produtos, serviços, atendimento, redes sociais, sites, valores, missão, entre outros. Num geral, eles caminham juntos na hora de criar um simbolismo do que é a sua marca, no que ela acredita, quem ela é. Por exemplo, ao comprar um produto Apple, você compra não só o iPhone, mas a confiança na marca, na qualidade, no sistema e no estilo de vida que um Apple traz. Vai muito além do produto, envolve questões sentimentais, pessoais, sociais, é a criação de um simbolismo que trabalha com sensações, sentimentos. 

Pense no branding, ele foi a estratégia pensada para alavancar sua empresa quando ela ainda era jovem, com um conjunto de elementos pensados minuciosamente para traduzir os valores e a voz do seu produto para o público. Agora a estratégia muda de acordo com as novas necessidades que se apresentaram no caminho. ​​​​​​​
O primeiro passo é fazer um diagnóstico completo do cenário da sua empresa, principalmente se você vem notando a necessidade para mudança, para reinvenção. Comece analisando os feedbacks, realize uma pesquisa de opinião entre colaboradores, gestores e consumidores, faça um mapeamento completo de todas as áreas (não apenas a estética) antes de iniciar um esforço de branding. Só após estar certo da sua decisão, comece a modernização da sua identidade visual e da sua representação da marca, procure um time de especialistas no assunto que irão te guiar para encontrar o equilíbrio entre a sua marca antiga e a nova, culminando na modernização do seu negócio e no seu sucesso! 
Back to Top